Adeus ano velho, feliz ano novo

segunda-feira, janeiro 02, 2017

    Todo fim do ano, eu fico nostálgica e emotiva. É estranho, se passa meio que um filme na minha cabeça, e eu revivo os melhores e piores momentos com as emoções mais afloradas, é assim, eu lembro de uma coisa boa que me aconteceu e eu fico feliz pensando nisso por um tempo, aí eu lembro de uma coisa me chateou e já fico na bad querendo chorar.
(imagem: Tumblr) 

   Tenho que dizer que 2016 não foi fácil e por isso comparo ele com uma montanha russa constante (mesmo que eu nunca tenha ido em uma e que esteja me baseando nas experiências das pessoas próximas e dos filmes que vi por aí rs).
    Ou seja, no começo tava tudo até que normalzinho, umas surpresas boas e outras não tão boas assim, mas até então estava tudo tranquilo na medida do possível.
Então veio uma curva que talvez tenha me deixado de ponta cabeça por uns instantes, mas logo tudo voltou ao mais normal possível para o momento.
    Foi assim que me senti praticamente 2016 todo, entretanto, assim como a montanha russa, ele teve um fim é que final! Passar os últimos instantes desse ano turbulento com os amigos e meu amor em Tangará, foi o Gran Finalle desse meu ano.
    E sabe o que eu aprendi? Que não importa o quão turbulento, barulhento, exausto e cansativo que tenha sido os dias de 2016, mas sim que eles sempre tiveram um fim, nem sempre feliz, porém, eram fins que davam oportunidades para começar tudo de novo.
    E o que eu levo para 2017? O aprendizado com as coisas não tão boas que me ocorreram, os amigos que fiz (pode ser difícil, mas se vocês perdoarem meus vácuos e não desistirem de mim fica tudo certo) e os que permaneceram (aos que permaneceram mesmo com meus sumiços, obrigada, amo vocês), o amadurecimento como pessoa e a vontade de que haja o que houver, nunca desistir com os tropeços e as turbulências que possam vir em 2017. Feliz ano novo, e por mais que seja clichê, bem vindo a primeira página de um livro repleto de coisas para se descobrir ♥

You Might Also Like

0 comentários